Ginecomastia

O termo “ginecomastia” se refere ao desenvolvimento de glândulas mamárias em homens. Com freqüência os garotos na época da puberdade notam este aumento.

Na época da puberdade, quando a testosterona começa a ser produzida em grande quantidade, pode causar o aparecimento e desenvolvimento das mamas nos indivíduos mais sensíveis. Tal situação chamada ginecomastia puberal é relativamente comum, sendo que cerca de 50% dos meninos podem apresentá-la. De forma semelhante, recém-nascidos do sexo masculino também podem apresentar mamas nas primeiras semanas, decorrente do efeito dos hormônios maternos que passam para o feto.

A obesidade é outro fator que predispõe ao aparecimento da ginecomastia. A palpação da região mamária auxilia a diferenciar a ginecomastia da lipomastia (apenas excesso de gordura nos meninos com sobrepeso ou obesidade). O exame dos genitais, principalmente dos testículos é necessário para afastar causas patológicas de ginecomastia. Em situações indicadas, como na ginecomastia puberal de grau severo a correção do processo pode exigir intervenção cirúrgica plástica.

Finalmente, em qualquer fase da vida que o homem note o aparecimento de ginecomastia, quanto mais cedo procurar auxilio médico para investigar e solucionar o problema, maiores as chances para de um tratamento precoce e satisfatório.

Dra. Lygia Spassapan de Oliveira

Área do Paciente

Acesso exclusivo para pacientes. Por favor, faça seu login!